terça-feira, 9 de abril de 2013

Percevejos


  


Macrofotografia - Fotografando percevejos

Os percevejos também conhecidos como marias fedidas são insetos da ordem Hemiptera, a maioria é fitófaga (alimenta-se de sucos obtidos de vegetais, como a seiva), tendo, para esse efeito, um aparelho bucal perfurador e sugador, que já apresentam na fase de ninfa. Alguns, contudo, são hematófagos (alimentam-se de sangue) ou perfuram e sugam o interior de outros insectos.

Por que o percevejo (maria-fedida) fede tanto?

Porque eles querem se livrar do perigo. Já reparou que assim que você toca ou simplesmente percebe a presença dele logo vem aquele cheiro horrível? Este cheiro ruim, nada mais é do que o mecanismo de defesa destes insetos que sempre exalam um odor desagradável quando se sentem ameaçados. 
Essa defesa é bem interessante, pois uma vez liberado, o odor permanece sobre tudo que o percevejo toca. Para a maioria dos predadores, o gosto é tão ruim quanto o cheiro e os pássaros, por exemplo, costumam cuspir logo após mordê-los.

Como fotografar os percevejos:
  
A primeira coisa que devemos saber é onde encontrar esses insetos, como citei em algumas outras postagens o segredo é manter os olhos atentos em todos os lugares, plantas, arbustos, folhas, flores, frutas, eles podem ser encontrados em variados ambientes, no caso dos percevejos à uma maior facilidade devido ao tamanho que não é tão pequeno se comparado com outros insetos, normalmente tem de 10 a 25mm, grande parte dos percevejos também possuem cores vibrantes o que facilita ainda mais na busca.

Outro ponto importante é que a maioria desses insetos é bem rápida e tem um alto nível de percepção do ambiente ao seu redor, até hoje menos de 20% dos percevejos que encontrei ficaram parados enquanto os fotografava, caso estejam em movimento mantenha sempre a velocidade do obturador mais rápida e tenha bastante paciência. O uso do flash é muito bem vindo para auxiliar na iluminação, como sabemos mais velocidade do obturador exige mais intensidade de luz no assunto.

 Hemíptero batendo as asas
Estava fotografando uma aranha quando vi este hemíptero pousando em uma árvore, cheguei próximo a ele e observei que estava movimentando as asas, logo preparei o equipamento e comecei a clicar. Depois de alguns instantes percebi que ele batia as asas para espantar minúsculas moscas que o perturbavam, as moscas não aparecem nesse registro mas em breve postarei toda a sequência, desde quando as moscas pousaram até o bater das asas.
Canon 600D com lente 100mm macro.

(Stacked from 10 natural light exposures in Helicon Focus.)
Empilhamento de foco combinando 10 exposições, iluminação a luz natural, ampliação de 1x.
(As exposições foram posteriormente combinadas com o software Helicon Focus).
Mais uma foto da sequência em que o Hemíptero movimenta as asas, como havia citado anteriormente, ele não estava se preparando para voar e sim tentando afastar algumas pequenas moscas que o perturbavam.
Na foto acima, peguei um ângulo superior para evidenciar mais o formato que as asas fazem ao se abrir, felizmente o percevejo se manteve parado nesta posição por alguns instantes e acabei conseguindo fazer o empilhamento de foco com 10 exposições, por ele ter se movimentado um pouquinho o empilhamento não saiu perfeito apresentando algumas aberrações de movimento.

 Percevejo (Merocoris)
Esse percevejo tem como mecanismo de defesa algo bem peculiar, ele simplesmente mimetiza-se como um cocô de pássaro, isso mesmo, ele quer se parecer com fezes de pássaro, dessa meneira os predadores o deixam em paz, afinal quem iria querer degustar fezes.
 Algo que sempre gosto de frisar é que sempre existem várias perspectivas e formas de registrar um mesmo assunto, na foto acima posicionei uma folha verde atrás do inseto para servir de plano de fundo, um flash acima do assunto e o outro diretamente a frente, enquanto na foto abaixo mudei a perspectiva para uma visão lateral, removi a folha que usei como plano de fundo e posicionei os flashes diretamente na lateral.

Percevejo e seus filhotes
Algumas espécies de percevejos tem o interessante hábito de proteger os seus filhotes, a mamãe percevejo deposita seus ovos e os defende até que eles eclodam e seus filhotes atinjam um determinado tamanho, ela se posiciona de forma que sua parte traseira bloqueie um dos lados vulneráveis enquanto sua frente fique voltada para o lado oposto defendendo possíveis agressores, normalmente elas se posicionam voltadas para o interior da folha onde é mais provável a vinda de uma ameaça, estranhamente no caso da foto abaixo ela estava voltada para a ponta da folha. Em alguns casos, as fêmeas depositam os ovos no ventre dos machos que os carregam até o nascimento, e esses acabam sendo os responsáveis por cuidar dos ovos e dos filhotes.
 Este é um indivíduo jovem (ninfa) do espécime acima, perceba que as asas ainda não estão desenvolvidas.

Filhotes de percevejo
Abaixo vemos um exemplo de alguns filhotes de percevejo que não recebem mais os cuidados de sua progenitora, provavelmente a fêmea abandonou esses filhotes devido os mesmos terem atingido o tamanho máximo para ficarem sob "cuidados especiais" a partir de agora é cada um por sí.

Percevejo que imita formiga
Alguns insetos usam do artifício de imitar outras criaturas para se livrarem dos predadores ou para atrair presas, este é o caso desse percevejo.

Percevejo verde
Na verdade ele não é tão verde assim, esse é um indivíduo jovem, ainda na fase de ninfa, utilizando-se de suas cores para se camulhar entre a folhagem.

Hemiptero de olhos brancos
Enquanto fotografava uma aranha avistei um percevejo descendo por um pequeno arbusto, só tive tempo de efetuar apenas um clique, por sorte obtive uma boa focagem em seus olhos brancos.

Percevejo assassino
Percevejo assassino, ele tem esse nome por se alimentar de outros insetos, ele introduz uma espécie de "lança" localizada em seu aparelho bucal e suga os liquidos internos de suas vítimas.

Olhando para a câmera
Enquanto tentava uma foto dorsal desse amistoso percevejo ele olhou para a câmera, aproveitei para registrar o momento.

Assassin bug close-up
Close-up de um percevejo assassino, ele tem esse nome por se alimentar de outros insetos, ele introduz uma espécie de "lança" localizada em seu aparelho bucal e suga os liquidos internos de suas vítimas.

 Ninfa de percevejo vermelho
Enquanto caminhava em meio a uma vegetação verde avistei esse percevejo vermelho que me chamou logo a atenção com suas cores vibrantes.

 Shield bug - Field stack
Encontrei esse percevejo de 2cm pousado em umas folhagens e a princípio fiz apenas uma exposição do inseto, como ele se manteve imóvel (apenas um pouco de movimento das antenas e do vento) aproveitei para fazer o focus stacking, utilizei apenas luz natural como iluminação para criar um ar mais suave a foto.
Empilhamento de foco combinando 23 exposições com ampliação de 1x, iluminação a luz natural, ISO 200.

Ninfa do percevejo assassino de milípedes (Família: Reduviidae)
 Este é o indivíduo jovem (ninfa) de percevejo assassino da família Reduviidae, este pequenino de 7mm vai se tornar um feroz predador em sua fase adulta, quanto atingirá cerca de 3cm. Desde pequeno já se alimenta de pequenos insetos mas esta espécie é especializada em caçar milipedes, os famosos "piolhos de cobra", também conhecidos como gongolos.
Não sei se é só minha imaginação mas achei o bichinho bem parecido com a armadura do Homem de Ferro (Super Herói). O que vocês acham? =D

2 comentários:

  1. Maxwel, além de vc fotografar muito bem, colabora com os leitores em mostrar de forma didática as particularidades de cada espécie. Parabéns pelo seu blog! Muito bacana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Carlos, tento passar o máximo de informações possíveis, tanto na técnica fotográfica quanto em relação ao espécime! Valeu pelo comentário meu caro amigo.

      Excluir